Vacinas em farmácias e drogarias serão fiscalizadas pela Prefeitura e Conselho de Farmácia

0
188

A oferta de vacinas em farmácias e drogarias, antes proibida, está autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Prefeitura de Manaus montou estratégias de inspeção, visando unificar os procedimentos e otimizar a cobertura de fiscalização, que será em parceria entre a Vigilância Sanitária (Visa Manaus) e o Conselho Regional de Farmácia.

Desde dezembro do ano passado, a venda e aplicação das vacinas estão autorizadas, quando foi publicada a resolução específica, a RDC 197/2017, cabendo aos municípios estabelecer regulamentação própria. “Em Manaus, devemos estar com esse processo concluído dentro de 60 dias, possibilitando que os estabelecimentos interessados possam solicitar licença para oferecer o serviço”, informa a diretora da Visa Manaus, Maria do Carmo Leão.

Em reunião realizada na última sexta-feira (25), representantes da Visa e do CRF alinharam propostas de fiscalização, tomando por base a legislação referente à vacinação no país e a específica para a oferta de vacinas em farmácias e drogarias.

Segundo a gerente de Produtos da Visa Manaus, Hellen Souza, o objetivo da parceria entre os dois órgãos é harmonizar os procedimentos de inspeção. “Queremos unificar a linguagem e os roteiros e conseguir melhores resultados, tanto no que refere à quantidade de estabelecimentos inspecionados, quanto no detalhamento dessas inspeções”.