USP e Oxford se unem para estudar dengue, zika, chikungunya e febre amarela

0
32
Imagem da Internet

O Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMTSP) da USP receberá pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, para um seminário sobre doenças causadas por vírus transmitidos por insetos, os arbovírus. Jayna Messina falará ao público sobre a distribuição e a disseminação dos subtipos de dengue em circulação no Brasil; Moritz Krammer abordará  a necessidade de metodologias que ajudem a prevenir futuras epidemias de arborvírus no País.

O objetivo é desenvolver metodologias para antecipar e combater epidemias de arbovírus, particularmente em regiões grandes e muito povoadas.

 

A parceria da USP com a Universidade Oxford trabalha com questões de pesquisa que incluem saber quais arbovírus circulam em humanos, mosquitos e populações de reservatórios no Brasil; onde e como os arbovírus persistem durante períodos não epidêmicos; quais são as implicações da diversidade genética dos arbovírus circulantes; que fatores convertem uma nova introdução em populações humanas em uma epidemia e qual a melhor forma de responder a isso.