Uso de paracetamol enfraquece percepção de perigo, diz pesquisa

0
73

De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, o uso de paracetamol pode induzir pacientes a um comportamento de risco, diminuindo a capacidade de perceber e avaliar riscos. O estudo, publicado no jornal Social Cognitive and Affective Neuroscience, foi feito com 500 voluntários.

Parte dos participantes recebeu uma dose de 1 mg de paracetamol, e o restante, um placebo. Os voluntários precisavam encher um balão com uma bomba de ar — cada vez que ativassem o mecanismo, ganhariam uma quantidade de dinheiro imaginário. Se o balão estourasse, perderiam todo o valor adquirido.

O grupo do paracetamol tomou mais riscos durante o exercício, enquanto os que receberam placebo foram mais conservadores e cuidadosos. Os balões do primeiro grupo estouraram mais vezes quando comparado com o outro.

Os cientistas acreditam que os efeitos podem ser leves, mas influenciam, sim, a tomada de decisão. Os próximos passos da pesquisa são procurar explicações psicológicas alternativas para o fenômeno e investigar os mecanismos biológicos por trás dos efeitos do paracetamol.