Unesco teme que 24 milhões de estudantes deixem as escolas devido à Covid-19

0
8

A Unesco teme que 24 milhões de estudantes de todos os níveis ao redor do mundo abandonem a escola devido aos fechamentos das instituições por conta da crise do novo coronavírus e pede que a continuidade da aprendizagem seja mantida, especialmente para os mais vulneráveis.

Em uma declaração publicada nesta terça-feira, coincidindo com uma mensagem da ONU para priorizar a reabertura de escolas sempre que possível, a Unesco explica que o ensino superior será relativamente o mais afetado pela evasão escolar, com uma taxa de 3,5% menos matrículas, equivalente a 7,9 milhões de estudantes.

No nível pré-escolar, a queda esperada será de 2,8%, com cinco milhões a menos de crianças nas salas de aula, enquanto no ensino fundamental a queda será de 0,27% e no médio, 1,48%.

No total, isso significa que 5,2 milhões de meninos e 5,7 milhões de meninas abandonarão as escolas dos ensinos fundamental e médio.

As regiões mais afetadas, de acordo com esta agência da ONU, serão o sul e oeste da Ásia, com 5,9 milhões de estudantes abandonando a escola e a África subsaariana, com 5,3 milhões.