Turismo e intercâmbio científicos são áreas de interesse do Governo da Austrália

0
68

Em encontro com o secretário de estado de Planejamento Orestes Schneider Santos, a conselheira da Embaixada da Austrália no Brasil, Tracy Reid, disse que existem áreas convergentes de cooperação entre os dois países nos setores de turismo e intercâmbio científico, na Amazônia, em particular.

 Segundo o secretário Orestes Schneider, a visita da comitiva australiana é mais do que oportuna porque o Amazonas está reestruturando seu planejamento e certamente intensificará a busca por investidores no exterior. A atividade mineração, que é uma das bases da economia australiana, será foco de atuação do governo do Estado, complementou o secretário.

 Segundo Tracy Reid, o governo australiano busca pontos de interesses comuns com países da região. Uma rota turística bastante explorada pelos turistas australianos, o Peru, pode se expandida para o Amazonas, exemplificou.

 O intercâmbio científico entre os dois países também desperta interesse destacou Reid. O Brasil é um dos poucos países que contará com o e-visto, um processo totalmente eletrônico de concessão de visto, que está sendo implantado na Austrália para facilitar o ingresso de estrangeiros.

 Schneider destacou que representantes do governo australiano estarão presentes no Fórum de Investimentos Brasil 2018, que acontecerá em São Paulo, nos dias 29 e 30 de maio. O evento debaterá oportunidades de investimento em setores estratégicos da economia brasileira, como infraestrutura, energia, agronegócios, construção, tecnologia e inovação, reunindo gestores de alto nível dos Ministérios Brasileiros e Estados Federais, agências reguladoras e outras instituições governamentais. O fórum deve ser uma oportunidade para estreitar o entendimento com os australianos, observou o secretário.