TCE-AM aprova contas do prefeito Arthur Neto com ressalvas

0
24

O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) aprovou com ressalvas e uma determinação as contas do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, referentes ao exercício financeiro de 2018 com um orçamento total de R$ 4,7 bilhões. A análise das contas ocorreu em sessão especial na terça-feira (10) e a aprovação resulta na emissão de um parecer prévio que será encaminhado ao Legislativo Municipal, responsável pelo julgamento político das contas do prefeito.

O relator das contas do prefeito, conselheiro Ari Moutinho Júnior, acatou as dez recomendações feitas pelo procurador de contas Carlos Alberto Souza de Almeida, além de incluir outras 15 recomendações e uma determinação sugerida pelo conselheiro Érico Desterro.

Em seu voto, o conselheiro Ari Moutinho considerou que a administração municipal cumpriu todas as exigências previstas em lei. “Manaus é o segundo maior orçamento do Estado e nós temos que ter acima de tudo critério, respeito, transparência e compromisso, principalmente com o jurisdicionado. Nós aqui entendemos que municipalidade atingiu os objetivos constitucionais e votamos pela aprovação das contas”, declarou o conselheiro.