Susam une sistema de marcação de consultas e exames

0
40

 

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) está reorganizando e juntando o sistema de marcação de consultas e exames especializados na rede pública. O novo modelo entrou em exercício esta semana, em fase de avaliação, em Policlínicas, Hospitais/Prontos-Socorros, Centros de Atenção Integral à Criança

(CAIC), Centros de Atenção Integral à Melhor Idade (CAIMI) e Serviços de Pronto Atendimento (SPA). O sistema fará parte, também, das unidades municipais. Na segunda fase englobará as fundações de saúde.

Agora, o paciente que estiver em atendimento em qualquer unidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e que necessite de consulta ou exame especializados, já fará, no mesmo lugar, a solicitação online, com a equipe encarregada para isso. Após, receberá a confirmação e as informações necessárias, através de telefonemas e mensagens de SMS.

O secretário de saúde, Francisco Deodato, comunicou que o novo modelo está em período de testes por 90 dias, está fase também servirá para serem feitos ajustes, caso seja necessário.

A medida, de acordo com ele, é parte integrada do plano de renovação da saúde, executado pelo Governo do Amazonas, e busca combater um problema de anos, que são as filas gigantescas em frente às unidades que fazem a realização de procedimentos ambulatoriais de média e alta complicação. A principal mudança que está sendo feita, disse ele, é que essas unidades não irão possuir mais seu próprio sistema de marcação de consulta, com distribuição de senhas. A técnica será feita integralmente pelo Sistema de Regulação (Sisreg) e na hora em que o paciente receber o encaminhamento médico. O que vinha ocorrendo antes, diz Deodato, é que as unidades ofereciam, via Sisreg, apenas um específico percentual das vagas. O restante era usado conforme critério de cada uma, prática que se fortificou em gestões passadas e que acabava por estimular a formação de filas.