Startup de táxi voador vai começar a operar em 2023

0
12

Volocopter, startup alemã de construção de aeronaves, anunciou que conseguiu arrecadar €200  milhões (cerca de R$ 1,3 milhões, na conversão atual) em uma rodada de investimentos. A empresa fabricante de helicópteros elétricos agora está investindo em um projeto de “táxis voadores”, que deve começar a circular em até dois anos.

Segundo o CEO, Florian Reuter, a empresa espera certificar o VeloCity nos próximos dois anos e iniciar as operações do táxi aéreo comercial logo em seguida. Paris e Cingapura devem ser as primeiras cidades a receber os serviços. A capital da França espera que os táxis aéreos já estejam estabelecidos na região para as Olimpíadas de 2024.

O Volocity está sendo desenvolvido desde 2011 e já participou de demonstrações públicas em eventos de tecnologia.

A lista de patrocinadores da startup é longa. Entre eles estão BlackRock, Atlantia SpA, Avala Capital, Continental AG, Tokyo Century e muitas outras empresas internacionais. Estimativas do PitchBook apontam que a empresa esteja avaliada em US$ 624 milhões. Nos próximos anos, a Volocopter pretende lançar seus serviços na Europa, Ásia e nos Estados Unidos.