Simulações sobre a formação do universo desafiam teoria do Big Bang

0
14

Embora a teoria do Big Bang seja amplamente consolidada na comunidade científica, a origem e a evolução do universo ainda são permeadas por incertezas. Na cosmologia, uma das principais concepções sobre a expansão do universo, conhecida como Teoria da Inflação, aponta que logo após o Big Bang a energia do fenômeno inflou o cosmo como um balão.

expansão achatou a curvatura do universo em larga escala e a matéria se misturou de forma a corrigir quaisquer ‘rugas’ no espaço-tempo do universo. Aglomerados de partículas criaram galáxias e estrelas, mas esses sistemas representam somente pequenas manchas em toda uma estrutura descaracterizada.

De acordo com Quantum Magazine, no entanto, para alguns teóricos a inflação ainda apresenta algumas implicações conceituais. Críticos apontam que a teoria define que a expansão do universo na maioria das regiões do espaço-tempo é permanente. Essa dinâmica, porém, não poderia deixar de produzir uma variedade infinita de pequenos universos.

Recentemente, o físico teórico Paul Steinhardt, um dos arquitetos da Teoria da Inflação que hoje é opositor ao conceito, reuniu uma equipe para estudar a possibilidade de outra história para o desenvolvimento do cosmo.