“Se o Brasil não fizer sua própria vacina, os brasileiros não serão imunizados”, diz Pazuello em passagem por Manaus.

0
22

Em passagem por Manaus para falar sobre as ações no combate à covid-19, o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que se o Brasil não produzir sua própria vacina, através do Instituto Butantan, os brasileiros não seriam vacinados em tempo hábil.

Segundo o ministro, a CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto de pesquisa, é a que melhor corresponde às demandas logística do Governo.
“Muita gente está falando que nós estamos atrasados em relação à aquisição de vacinas. Mas o que o povo precisa saber, é que as outras só serão disponibilizadas para o Brasil ou em maio, ou em outubro, que é caso da Pfizer e a Sputnik, da Rússia. Além de caras, são poucas e vão demorar pra chegar aqui. E nós não querermos uma vacina que demore muito, por que queremos começar o programa de imunização logo. Então, eu digo com toda a certeza, se o Brasil não fizer sua própria vacina, os brasileiros não serão vacinados”, disse.

E continuou. “Nós já encomendamos do Butantan, 100 milhões de doses, todas para o programa federal de vacinação e todos os estados vão receber as doses simultaneamente. O Brasil todo é prioridade. Todos os estados vão começar a imunizar ao mesmo tempo”, afirmou o ministro.
Mais informações em instantes.
Por: Italo Ramos