Saúde é o problema mais citado pelos eleitores, diz pesquisa

0
117
foto da internet

O anseio da população brasileira por acesso a serviços de qualidade na saúde – com celeridade e eficiência – foi novamente demostrado em pesquisas recentes do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Dos 25 Estados brasileiros e no Distrito Federal, os entrevistados mencionaram a saúde como o principal problema. Os outros dois mais citados da lista, composta por 18 de áreas, foram Educação e Segurança Pública.

 

Com variação entre 70% e 89%, a saúde aparece como a palavra mais mencionada pelos entrevistados e, para a maioria dos eleitores, a saúde é uma das três áreas mais problemática. O maior índice foi no Rio Grande do Norte, com 89% dos pesquisados; seguido de Distrito Federal, com 87%; de Rondônia, com 84%; e do Amazonas, com 83%. Em Alagoas a área foi citada por 69% dos entrevistados. E em Minas Gerais a pesquisa ainda não foi divulgada.

 

O Ibope apresentou a lista das áreas, e pediu que os entrevistados elencassem as três em que o Estado estivesse enfrentando os maiores problemas. O resultado confirmou os dados levantados nas eleições municipais de 2016, em que saúde também foi mais mencionada em todas capitais brasileiras. No entanto, a saúde não é só um anseio da população, é também um grande desafio e preocupação dos governos locais, que gastam muito mais do que determina a Constituição Federal de 1998, de 15% da receita bruta anual.