Programa vai beneficiar mais de 400 mil contribuintes em dívida com a prefeitura de Manaus-AM

0
127

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lançou na segunda-feira, 5, o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI-Manaus) que vai beneficiar mais de 400 mil contribuintes em dívida com a Prefeitura de Manaus, que poderão quitar ou parcelar seus débitos com descontos de até 100% nos juros e multas. Com o programa, pretende-se recuperar de R$ 80 milhões a R$ 100 milhões de crédito, além da entrada de recursos no Tesouro Municipal na ordem de R$ 30 milhões. O volume de débitos dos contribuintes atinge hoje marca superior a R$ 6 bilhões. A adesão ao programa vai até o dia 21 de dezembro para pessoas físicas ou jurídicas com débitos inscritos ou não em Dívida Ativa municipal.

Ao aderir o programa para liquidar seu débito fiscal à vista, o contribuinte obterá 100% de desconto sobre os juros e as multas acumuladas e pagará somente o valor de lançamento de origem do seu imposto ou taxa municipal. Para quem optar pelo parcelamento, o desconto sobre os encargos será menor, de acordo com a quantidade de parcelas: 80% para pagamento de duas a três parcelas; 60% para quatro a seis parcelas; 50% para sete a 12 parcelas; 40% para 13 a 36 parcelas. O valor mínimo da parcela é de 1 UFM para pessoa física.

Por enquanto, o contribuinte que optar pelo pagamento à vista poderá emitir sua guia para pagamento diretamente no portal do Manaus Atende (http://manausatende.manaus.am.gov.br).

Desde 2013, a Prefeitura de Manaus colocou em prática o Programa de Recuperação Fiscal (Refis). Nos dois últimos anos, foi possível uma arrecadação de R$ 72 milhões referentes aos débitos negociados. Os programas atendem uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça, por meio da Semana Nacional de Conciliação. Este ano, a prefeitura avançou nas propostas do Refis e, com o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI), atinge outras dívidas que não foram contempladas em anos anteriores.