Programa ‘English for Kids’ chega à zona ribeirinha de Manaus

0
30

Localizada às margens do Rio Negro, a Escola Municipal São José 1 é a primeira unidade educacional da zona ribeirinha de Manaus a receber o programa “English for Kids”, que ensina inglês para alunos de 1º ao 5º ano da rede municipal de ensino. Ao todo, 58 crianças serão alcançadas nos dois turnos de aula.

Integrando a Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, a comunidade Nossa Senhora do Livramento possui, entre os seus habitantes, algumas tribos indígenas. Por isso, a Escola Municipal São José 1 terá estratégias especiais de ensino do programa, já que a unidade atende alunos das etnias Tukano, Baré e Dessana, que, além do português, também se comunicam em idiomas próprios.

Para a coordenadora do projeto, Kátia Nogueira, o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Manaus na unidade educacional da zona ribeirinha vai apoiar a expansão do programa para outras escolas rurais. “Hoje presenciamos um marco, porque conseguimos chegar à zona ribeirinha, o que é um pontapé inicial para as outras escolas”, avaliou.

A gestora da escola, Maria do Céu Oliveira, destaca que o início do programa na escola chamou a atenção de outras comunidades próximas. “Para nós essa é uma iniciativa muito importante. A possibilidade de estudar a língua inglesa deixou nossos alunos muito empolgados. Tem pessoas que moram em outras comunidades que querem vir para nossa escola”, destacou.

“As nossas crianças estão no mundo globalizado e essa é uma oportunidade para elas adentrarem em outro universo, sem sair da comunidade delas. Nós vamos adequar o projeto para a realidade das crianças ribeirinhas, até porque trabalhamos com muitos alunos indígenas. Nossas crianças estão bem felizes e acredito que vai ser um sucesso”, completou a professora do “English for Kids”, Ana Cláudia Nascimento.

Vitória Andreza da Silva, de 9 ano, estuda no São José 1 e já conhece, inclusive, os nomes das cores em inglês. Ela estava muito feliz pela oportunidade. “Eu acho que a aula vai ser muito legal e vou aprender muito”, comentou a estudante do 4º ano do Ensino Fundamental.