Produção Enxuta: Método que está fazendo a Indústria brasileira mudar de modelo

0
40
Imagem da Internet

A indústria brasileira pode avançar no uso das técnicas de produção enxuta, que são decisivas para melhorar a gestão, reduzir desperdícios e aumentar a produtividade. Atualmente, um terço (34%) utilizam de 10 a 15 ferramentas da manufatura enxuta. Outras 39% usam de quatro a nove técnicas. Mas, quase um terço (27%) aplicam até três das 15 principais técnicas de manufatura enxuta. Dessas, 8% não utilizam nenhuma das ferramentas e 19% aplicam de uma a três técnicas. As informações são da Sondagem Especial Manufatura Enxuta na Indústria de Transformação Brasileira.

Elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a pesquisa ouviu 2.338 indústrias de transformação em todo o país, das quais 913 são pequenas, 883 são médias e 542 são de grande porte, para identificar a adesão das empresas à 15 técnicas de produção enxuta.  “Diante do desafio da Indústria 4.0, a melhoria da gestão nas empresas se torna ainda mais relevante, pois é essencial eliminar perdas e enxugar processos”, afirma Samantha Cunha, economista da CNI responsável pela sondagem.

O levantamento mostra que a falta de conhecimento das técnicas, o alto custo de implantação e a falta de trabalhadores qualificados são os principais obstáculos para a implementação da manufatura enxuta na indústria. Também conhecida como Sistema Toyota de Produção, a manufatura enxuta abrange as melhores práticas de gestão aplicadas em processos produtivos em todo o mundo.