Prejuízos com incêndios na Califórnia passam de US$ 9 bilhões

0
126

Seguradoras americanas terão que desembolsar mais de US$ 9 bilhões para ressarcir as perdas registradas durante os incêndios de novembro na Califórnia.

O comissário do Departamento de Seguros da Califórnia (CDI), David Jones, informou nesta quinta-feira o valor, mas explicou que ele ainda não é definitivo e pode aumentar na medida em que outras pessoas acionem suas seguradoras.

Em um relatório preliminar, o CDI informou que três incêndios – Camp, Woolsey e Hill – destruíram totalmente 10.564 casas, 350 lojas e 9.457 veículos de transporte de vários tipos. Além disso, foram afetadas parcialmente pelas chamas 17.995 casas e 1.648 lojas.

A previsão, segundo a AIR Worldwide, é que o valor que as seguradoras terão que desembolsar na Califórnia será de no máximo US$ 13 bilhões.

O CDI autorizou, com uma declaração de emergência, a presença de avaliadores de fora do estado para atender o excessivo número de reivindicações dos cidadãos da Califórnia.