Polícia Federal e Paraguai impedem plano de resgate de líder de facção

0
265

 

Em atuação conjunta da Polícia Federal com a Secretaria Nacional Antidrogas – SENAD do Paraguai, cinco brasileiros –  quatro homens e uma mulher – foram presos na capital paraguaia. De acordo com as investigações, eles pretendiam resgatar um líder de facção criminosa brasileiro, com larga atuação no fornecimento de drogas para o Brasil. Atualmente, este se encontra preso no país vizinho.

 

O processamento de dados de inteligência, obtidos através dos instrumentos de cooperação internacional entre os dois países, viabilizou a identificação e a localização do grupo. Os nacionais encontravam-se  em três casas na capital paraguaia, de onde, de acordo com o que foi apurado,  pretendiam partir para o resgate do criminoso, durante o próximo final de semana. Nos imóveis alugados pela quadrilha foi aprendida grande quantidade de armas e munições.

A ação da PF reforça a importância da atuação integrada das polícias da América do Sul no combate à criminalidade transnacional.  A PF tem adotado medidas para o incremento dessa integração, inclusive com o acionamento, em junho deste ano, do Centro de Cooperação Policial Internacional, instalado na Superintendência da PF, no Rio de Janeiro. Ele conta com  a participação das polícias da Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai e Argentina.