Pesquisadores reproduzem metal mais resistente

0
371
foto da internet

Equipe de pesquisadores dos Laboratórios Nacionais Sandia nos Estados Unidos, alega ter desenvolvido o “metal mais resistente ao desgaste no mundo”, uma liga de platina e ouro baseada na junção de microestruturas.

Cem vezes mais durável do que o aço, o novo composto, ainda sem nome, foi conseguido com 90% de platina e 10% de ouro, a inovação está nas proporções, no cálculo dos átomos e no processo de fabricação que os cientistas utilizaram para conseguir a alta resistência.

O pesquisador principal, o uruguaio Nicolás Argibay, afirmou  que a equipe se dedicou durante uma década para desenvolver modelos sofisticados para prever os efeitos do atrito dos metais.

“Foi este trabalho o que nos guiou para a nova liga de metais específica resistente ao desgaste, mas passamos os últimos quatro anos a desenvolvendo”, disse.

Usando um exemplo para explicar a conquista, Argibay contou que a liga de metais é tão dura que, se fosse fabricados pneus para automóveis com ela, eles sofreriam um desgaste de uma pequena camada de átomos por cada quilômetro percorrido.

Argibay explicou que esta descoberta pode poupar a indústria da eletrônica mais de US$ 100 milhões por ano somente em materiais, e fazer com que os produtos eletrônicos de todos os tamanhos e em muitas indústrias se tornem mais rentáveis, duráveis e confiáveis.