Pesquisador usa método para conscientizar sobre alimentação saudável

0
73

O projeto de mestrado de um pesquisador de Santa Catarina tem ajudado professores a estimular hábitos saudáveis na rotina de crianças e adolescentes. O criador do projeto é pesqiusador Salvador Sergi Agati, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

O ponto de partida foi o clássico João e Maria, conto infantil de tradição oral que, adaptado no século 19 pelos Irmãos Grimm – no original, em alemão, Hänsel und Gretel –, percorreu o mudo em várias versões, tanto na literatura quanto no cinema. Na história, dois irmãos, filhos de um pobre lenhador, se perdem na floresta e, de repente, encontram uma casinha especial, com telhado de chocolate, paredes de bolo e janelas de jujuba. Eles acabam se tornando prisioneiros da dona da casinha, uma bruxa, que os enchia de guloseimas com a intenção de devorá-los quando estivessem bem gordinhos.

Baseado nesse conto, Salvador criou o jogo para computador João e Maria contra a Bruxa Guloseima, indicado para crianças a partir oito anos. Tanto quanto na historinha, o desafio é frustrar os planos da bruxa – que simboliza a obesidade –, ajudando as crianças na escolha por alimentos saudáveis, a fim de que rejeitem aqueles recheados de gordura e açúcar. 

A didática do jogo, com três níveis de dificuldade, favorece o trabalho do professor em sala de aula na hora de explicar aos alunos sobre a classificação e o processamento dos alimentos e composição dos grupos alimentares.

A ideia do professor foi muito bem recebida pela Udesc. “Achamos que seria uma temática muito boa de ser explorada e muito útil para a sociedade, porque hoje em dia realmente nós temos uma pandemia de obesidade”, avalia o orientador do programa de pós-graduação no qual Salvador inscreveu seu projeto. “O jogo contempla todas as temáticas relevantes para discutir a problemática da obesidade e da promoção da vida saudável. ”