Pesquisa mostra brasileiros iniciando vida mais saudável após alta na obesidade

0
43

Depois de anos a obesidade e o excesso de peso estão sendo um tanto controlados pelos hábitos mais saudáveis em diversas capitais do País e por brasileiros que optam por uma vida mais saudável. Foi o que disse a pesquisa feita pela Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2017, do Ministério da Saúde.

“Mesmo com esta tendência a estabilidade e com o crescimento de pessoas que praticam atividade física e que estão consumindo alimentos mais saudáveis, não podemos deixar de continuar vigilantes. A obesidade e o sobrepeso são portas de entrada para doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, que prejudicam a saúde da população e que poderiam ser evitadas”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças Crônicas e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde (DANTPS), do Ministério da Saúde, Fátima Marinho.

Para ser feita a avaliação da obesidade e do excesso de peso, a pesquisa leva em conta o uso do Índice de Massa Corporal (IMC). Através dele, é possível fazer a classificação r um indivíduo em relação ao seu próprio peso de um indivíduo, assim como saber de complicações metabólicas e outros riscos relacionados a saúde