Para combater “guerra econômica” Venezuela abre 3 mil restaurantes populares

0
47

O governo da Venezuela anunciou na ultima quarta-feira (18) que abriu 3 mil restaurantes populares neste mês para oferecer refeições gratuitas a milhares de pessoas que, de acordo com o Executivo, seriam vítimas da “guerra econômica” promovida pela oposição e por países contrários ao regime de Nicolás Maduro.

O ministro Aristóbulo Isturíz declarou, em entrevista concedida no estado de Lara, que a medida foi tomada para combater uma guerra que deixa um “vazio no estômago” dos venezuelanos.

Isturíz disse que os 3 mil restaurantes atenderam apenas neste mês 626.328 pessoas, das quais 294.374 eram crianças.

Segundo o ministro, a Venezuela tinha atingido os objetivos do milênio fixados pela ONU em matéria de alimentação. Por isso, os cerca de 6 mil restaurantes criados pelo ex-presidente Hugo Chávez, que morreu em 2013, foram fechados.