“Papo por Elas”: Defensoria lança campanha para debater direitos das mulheres

0
13

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) lança no dia 1º de março a campanha “Papo por Elas – edição especial – Um mês para debater direitos das mulheres”. Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, a DPE-AM dedicará o mês inteiro a levantar reflexões sobre proteção de direitos, enfrentamento à violência e garantias de segurança jurídica das mulheres. Os debates ocorrerão de 1º a 29 de março, de forma virtual e com acesso ao público em geral, por meio da participação em lives transmitidas nas redes sociais de parceiros institucionais e de cursos online.  

Participam da campanha o Núcleo de Proteção e Defesa da Mulher (Nudem), a Coordenação de Projetos Especiais, a Escola Superior da Defensoria (Esudpam) e a Associação de Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Amazonas (Adepam), além da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI).  

O primeiro debate será realizado já no dia 1º de março, com transmissão ao vivo pelo Facebook da FUnATI (FUNATIAMAZONAS), às 17h. A coordenadora do Nudem, defensora pública Pollyana Vieira participará do Bate-Papo FUnATI – “Respeito é bom e é lei!”, junto com a deputada estadual Alessandra Campêlo, presidente da Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso, da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM).  

Durante a conversa, a defensora informará o público sobre como funciona o atendimento do Nudem e esclarecerá pontos específicos voltados às mulheres da terceira idade, como por exemplo, os tipos de violência de gênero e a aplicação da Lei Maria da Penha. “Espaços como esse são importantes porque nos dão oportunidade de prestar esclarecimentos à sociedade sobre a garantia de direitos das mulheres, bem como serve de alerta sobre problemáticas envolvendo diferença de gênero”, afirma Pollyana Vieira. 

A participação da Defensoria no Bate-Papo FUnATI conta ainda com a organização do defensor público Rodolfo Lobo, coordenador de Projetos e Programas da Defensoria.