Países conhecidos pelo frio extremo surpreendente com onda de calor

0
32

 

 

Fortes ondas de calor dispararam os termômetros ao redor do mundo nos últimos dois meses. Uma das situações mais extremas foi registrada no norte da Sibéria, onde o mês passado foi o mais cálido em mais de um século, segundo o Centro Hidrometeorológico da Rússia. Em junho, a média de temperatura de toda a região tem estado oito graus acima do normal.

O calor intenso também marcou a primeira semana de julho. Situações de calor extremo registraram-se também nos últimos 60 dias em regiões frias como Escandinávia, Reino Unido, Irlanda e Canadá.

Os especialistas coincidem em que estes eventos climáticos se encaixam nos cenários previstos pela comunidade científica como consequência do aquecimento global. Eles ponderam, no entanto, que ainda faltam mais estudos para vincular diretamente um episódio em concreto à mudança climática.

A onda de calor na Sibéria provocou problemas sérios aos habitantes da região, segundo a Organização Mundial de Meteorologia (OMM). Diferentes localidades registraram, repetidamente, temperaturas de 40 graus ao longo do mês de junho.