Onyx diz que meta do novo governo é trabalhar pelo analfabetismo zero

0
103

O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, disse ontem (22) que o governo eleito vai se esforçar para reduzir o analfabetismo no país a zero. Segundo ele, a equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, recebeu um “diagnóstico completo” sobre os ensinos fundamental e médico.

“Vamos buscar analfabetismo zero. Como vivemos no século 21 com 9% das crianças analfabetas? Ter crianças na 8ª série sem saber ler ou escrever, não podemos ter jovens chegando a universidades sem capacidade de resolver equações simples ou fazer interpretação de texto.”

Onyx afirmou ainda que o Brasil vive uma situação delicada que envolve os analfabetos funcionais. “No Brasil temos hoje mais de 30% de analfabetos funcionais e um aluno de ensino médio que é o que transforma e diferencia os países a média é de 35% do conteúdo mínimo que deveria sair do ensino médio.”

De acordo com o ministro, o consenso na equipe de Bolsonaro é que a educação será prioridade. “Todos há muito tempo dizemos que a educação deve ser a principal bandeira e alvo. Curiosamente no Brasil, diferentemente de outros países, quanto mais aumenta o custo da escolaridade não há impacto no desenvolvimento econômico do país.”