“Obrigada Deus, por ter me achado”: Idosa de 76 anos é encontrada em buraco após passar nove dias desaparecida

0
15

Geralda Malaquias de 76 anos passou cerca de 200 horas caída em uma grota de três metros de profundidade, bem ao lado da zona urbana de Curvelo (MG) até ser resgatada no último dia (22) e levada para um hospital.
Segundo informações, a idosa teria se perdido no dia 13 após visitar uma amiga e na volta não lembrar o caminho de casa e parar dentro de uma mata.

Durante o tempo em que dona Geralda ficou desaparecida, os familiares e amigos a buscaram em casa de conhecidos, hospitais e até mesmo no necrotério. Até que uma amiga teve a ideia de procurar a idosa dentro da mata e finalmente foi encontrada.

A idosa contou que, enquanto esteve presa no local, bebeu apenas água da chuva e se segurou em um cipó para não se afogar em uma poça d’água.
Apesar da queda ela não sofreu nenhuma fratura ou trauma físico, apenas assadura pela exposição ao sol.

Moradora de Curvelo, na região Central de Minas, a idosa desapareceu depois de sair de casa para ir em um aniversário e foi achada dentro de uma grota. Ela não soube explicar como caiu e nem quantos dias ficou dentro do buraco.

“Estava lúcida, mas não conseguiu explicar como foi parar lá. Eu perguntei como ela sobreviveu, se não estava com sede. Ela me respondeu: Eu bebi água da chuva meu filho, não tinha outro jeito”, relembra o policial reformado, Gilberto Santos Ferreira.