Obesidade e câncer podem ser transmissíveis, sugere estudo

0
19

Segundo um novo estudo, condições de saúde consideradas não-transmissíveis – isto é, doenças causadas por fatores genéticos, ambientais ou decorrentes do estilo de vida adotado por cada um – poderiam ser passadas de uma pessoa a outra por meio dos microrganismos que compõem o microbioma humano.

A pesquisa foi publicada por uma equipe multidisciplinar do CIFAR – Instituto Canadense de Pesquisas Avançadas – e, basicamente, sugere que problemas de saúde como cânceres, incluindo síndromes respiratórias e males como cardiopatias e até a obesidade poderiam ser transmissíveis entre pessoas, especialmente entre as que convivem na mesma casa ou em grande proximidade, através do intercâmbio dos microrganismos que vivem nos nossos corpos.

Como você deve saber, o nosso corpo é “habitado” por trilhões de microrganismos, como bactérias, fungos e vírus. Esses organismos todos, apesar de sua existência normalmente ser associada a infecções e doenças, formam uma comunidade que, quando se encontra em equilíbrio, exerce papel superimportante para a nossa saúde, uma vez que nos ajuda a digerir alimentos, absorver nutrientes e a fortalecer o sistema imunológico, por exemplo.