Novo modelo estabiliza oferta de medicamentos em drogarias

0
132
Imagem da Internet

O Ministério da Saúde informa que a instabilidade pontual verificada em algumas unidades do Farmácia Popular já foi regularizada com a nova versão que traz melhorias na segurança de acesso ao sistema. A instabilidade se deu quando houve a migração da estrutura arquitetural do programa, iniciada em dezembro do ano passado, devido a incompatibilidade do componente de segurança com os respectivos sistemas operacionais das drogarias que dispensam medicamentos para a população.

Desde que iniciou a mudança no sistema, a Pasta acompanha e vem solucionando os problemas relatados pelas unidades junto com as associações de farmácias de todo o País. Para os gestores que identificarem qualquer instabilidade, a orientação da Pasta é entrar imediatamente em contato com a Pasta pelo email analise.fpopular@saude.gov.br.

 

Não houve redução nos repasses para o Aqui Tem Farmácia Popular. O previsão de orçamento deste ano é igual ao valor do ano anterior, de R$ 2,6 bilhões. Desde abril de 2018 foi reajustado o ressarcimento para as farmácias credenciadas, os 20 medicamentos dispensados gratuitamente pelo programa. A readequação de preços ocorreu para eliminar distorções de valores de produtos pagos pelo Governo Federal que, em alguns casos, chegavam a custar mais de 200% acima do mercado. Os reajustes para mais ou para menos não impactaram no preço final ao usuário.