‘Nas minhas redes, 82% querem auxílio de R$ 600’, afirma Rodrigo Maia

0
20

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que 82% das pessoas de suas redes sociais são favoráveis a manutenção do auxílio emergencial com o valor de R$ 600. O deputado falou em entrevista ao canal CNN Brasil na noite dessa 4ª feira (9.set.2020).

Maia disse que, no entanto, o governo precisa trabalhar com dados reais. “A gente sabe que a condição para a manutenção do valor de R$ 600 não é uma coisa simples”, disse o deputado. “Mas cabe o governo trabalhar a sua base, como Guedes diz, que agora tem muita tranquilidade porque tem uma base coesa, e eu acredito que tenha.”

O governo prorrogou o auxílio emergencial por mais 4 parcelas de R$ 300. Ao anunciar a medida, em 1º de setembro, o presidente Jair Bolsonaro disse que os R$ 600 eram “muito pra quem paga, no caso o Brasil”.

“Acho que só tem 1 caminho no curto prazo para que se possa organizar o orçamento para cuidar dessas famílias, que é a PEC [Proposta de Emenda Constitucional] Emergencial que está no Senado. Mas o tempo é curto”, disse Maia. Ele colocou a discussão da PEC Emergencial como uma de suas prioridades.