“Não dá para criar novos impostos a cada crise”, diz Rodrigo Maia

0
11

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou mais uma vez o aumento da carga tributária por meio de um novo imposto. Segundo ele, não dá para criar novos impostos a cada período de crise. Para Maia, o Brasil aumentou a carga tributária e não resolveu os problemas do serviço público para a sociedade. Ele defendeu o retorno aos debates sobre as reformas que melhorem a qualidade do gasto público e a competitividade do setor privado em conferência virtual promovida pelo Banco Santander ontem (18).

“Não dá para criar novos impostos a cada crise, a gente tem que olhar e voltar ao que estávamos discutindo [equilíbrio fiscal]. Pode ser mais fácil abrir um espaço fiscal no orçamento para aumentar o investimento púbico, mas isso é um ciclo vicioso”, disse o presidente.

Maia defendeu mais uma vez a manutenção do equilíbrio fiscal por meio da política do teto de gastos, que limita e controla as despesas pela inflação. Segundo ele, o espaço para investimento público é pequeno, mas não se pode avançar em cima da sociedade. Para Rodrigo Maia, é preciso compreender que o controle das despesas pela inflação é importante para retomar credibilidade.

Fonte: Agência Câmara de Notícias