MPF, MP/RJ e TRE/RJ se unem em capacitação para jornalistas sobre eleição 2020

0
25

Por iniciativa da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro, membros do Ministério Público Eleitoral (MPF e MP/RJ) e da Justiça Eleitoral (TRE/RJ) palestraram ontem (14) no workshop online para jornalistas “Por dentro das eleições 2020”. Mais de 50 participantes ouviram explanações sobre a atuação daquelas instituições em prol da lisura e isonomia nas eleições em municípios fluminenses. Na abertura do evento que durou duas horas, a procuradora regional eleitoral Silvana Batini saudou os participantes da mesa e o público alertando que a eleição de 2020 é marcada por vários desafios que exigirão das instituições uma característica em especial: serenidade.

Responsável por abordar a fiscalização das campanhas, o juiz Luiz Márcio Pereira, coordenador da fiscalização da propaganda eleitoral no estado, abriu dizendo que eleições municipais costumam ter acirramento nos debates, em alusão à maior capilarização em relação às eleições gerais. Partindo da experiência das eleições de 2018, ele comentou que a disputa deste ano deverá dar ênfase às redes sociais. “O tempo de TV e rádio não gerou o resultado que gerava antes”, disse acrescentando que os pedidos de voto explícito não são tolerados até 27 de setembro e que o princípio constitucional da isonomia pauta a fiscalização desde antes desse início do período eleitoral (um exemplo é a punição de eventual impulsionamento antecipado de campanha digital).