Motocicletas seguem em alta nas exportações do Amazonas para os EUA

0
10

As exportações de motocicletas do Amazonas para os Estados Unidos da América (EUA) cresceram em 141% no comparativo de Fevereiro/2021 com Fevereiro/2020. É o que revela a análise feita pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), tendo como base de dados, a Balança Comercial do Amazonas de Fevereiro/2021.

No relatório, o item “motocicletas” foi o segundo produto mais exportado, com o volume de US$ 8,80 milhões, equivalente a 12,9% do total, e foi o responsável por 50,11% das aquisições desse produto.

Já em um contexto geral, a Balança Comercial do Amazonas em fevereiro apresentou queda nas exportações e aumento das importações. As exportações diminuíram -5,23% na comparação com Janeiro/2021 e crescimento de 30% com fevereiro de 2020. Os valores exportados alcançaram cifras de US$ 68 milhões.

Novamente, a Venezuela foi o principal destino das exportações amazonenses, o equivalente a 23% do total, e responsável pelo volume de US$ 16 milhões. O item “óleo de soja” foi o principal produto exportado para o país vizinho e teve participação de 23% das exportações.

Considerado isoladamente, o produto mais exportado em fevereiro aparece como “outras preparações alimentícias” (itens para elaboração de bebidas), com o montante de US$ 13 milhões, equivalente a 19% do total exportado. A Bolívia foi o principal destino desse item com a participação de 41% da exportação.

Já a Alemanha continua comprando “ouro manufaturado” do Amazonas com participação de 78% do produto que foi o terceiro mais exportado, registrando a cifra de US$ 7,9 milhões, equivalente a 11%.