Mortes na Venezuela são o dobro das apresentadas pelas autoridades

0
14

A oposição venezuelana disse ontem (25), que o número de mortes associadas ao novo coronavírus é de 675, mais do dobro do que as 329 mortes confirmadas oficialmente pelo Governo do Presidente Nicolás Maduro. Segundo a oposição, entre os mortos estão 86 médicos e outros profissionais da área da saúde. 

“(Nicolás) Maduro mente. A epidemia não está controlada na Venezuela e Maduro, de maneira improvisada e irresponsável, pretende criar uma falsa normalidade nos venezuelanos com fins eleitorais, políticos”, disse José Manuel Olivares, deputado e comissário designado pelo líder opositor Juan Guaidó para a área da saúde.

José Manuel Olivares se pronunciou numa coletiva de imprensa virtual, durante a qual falou sobre a situação dos hospitais do país e acusou o regime de “tentar ocultar a sua incapacidade, o que não fez durante as 26 semanas de quarentena” da covid-19.

“Hoje vemos como aumentou a deterioração dos nossos hospitais. Não há camas disponíveis. O estado de Bolívar está com 100% das urgências ocupadas, assim como (nos estados de) Miranda, Sucre e Delta Amacuro. Isso traduz-se em que não existe camas nem respiradores”, disse.