Marido engana a esposa durante anos dizendo ter câncer terminal

0
126

David Carroll foi condenado pela Justiça britânica na semana passada, a aproximadamente 7 meses de prisão crime de fraude, pena que será descartada caso ele realize 180 horas de trabalho comunitário e pague indenização estimada no valor de US$ 2,6 mil.

Lucy Witchard, atualmente com 31 anos, disse que sua mãe chegou a dar a Carroll, de 35 anos, cerca de US$ 2,6 mil (quase R$ 10 mil na cotação atual) para a realização de seu tratamento nos Estados Unidos, após ele dizer que seu câncer era considerado de proporção terminal.

Além da condenação por fraude, a Justiça ordenou que ele chegue perto da ex-mulher e da mãe dela por um ano.

Carroll acabou admitindo que tinha leucemia após a ex- esposa descobrir a farsa.

Witchard contou que sentiu “incrivelmente ferida e aborrecida”, por ele ter “roubado uma grande parte” de sua vida.