Mapeamento de onça-pintada é feito por esforço internacional em cinco biomas

0
155

Uma das conclusões da pesquisa realizada reuniu cerca de  29 pesquisadores de 18 instituições, integrando o Instituto Mamirauá, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O estudo apresentou que regiões de clima semiárido da Caatinga às florestas alagáveis da Amazônia, a onça-pintada é espécie com maior saúde entre os diversos animais já existentes da biodiversidade de uma região. Pore serem espécies que estão no topo da cadeia alimentar, se as onças estãocom a saúde boa e em grande desenvolvimento, existe possibilidade de que todo o resto do ecossistema também esteja bem.

“A onça é uma espécie ‘guarda-chuva’. Por precisar de áreas amplas e ser carismática, a conservação dela permite a conservação de outras espécies também. Se você preservar uma área apenas preocupado com a onça-pintada, você estará preservando várias outras espécies daquela região”, afirmou o pesquisador Emiliano Ramalho, que é diretor técnico-científico do Instituto Mamirauá.