Manaus cria comissão para impulsionar a revitalização do Centro Histórico da cidade

0
3

Detentor de um legado econômico e cultural, o Centro Histórico de Manaus, que tem uma área tombada entre a orla do rio Negro e o entorno do Teatro Amazonas, concentra os trabalhos da Comissão Técnica para Implementação e Revitalização do Centro Histórico de Manaus, criada pelo Decreto 5.034, de quinta-feira, 11/3, pelo prefeito David Almeida.

A comissão, com 12 membros, não será remunerada e conta com diretores, gestores e técnicos, com expertise no tema, do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), secretarias municipais de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef) e do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), além da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). Entre as ações do grupo, estão a própria preservação do patrimônio do centro histórico, singular e íntegro, que inclui Manaus no rol das cidades históricas do Brasil, com construções diversificadas e de representação de todas as correntes ecléticas e da Belle Époque; a formatação de estudos para projetos que aproveitem as potencialidades existentes, considerando a transversalidade do tema e o uso misto das edificações; medidas de revitalização a partir de investimentos em infraestrutura, drenagem, reocupação, reassentamento, dentre outras