Lutadora do UFC dá ‘dois socos e um chute’ em bandido e evita assalto no Rio

0
27

Por volta das 20h do último sábado (05), um ladrão tentou roubar o celular da lutadora peso-palha do UFC Polyana Viana no Rio de Janeiro.

Polyana contou ao portal MMA Junkie que estava esperando um Uber em frente ao seu prédio em Jacarepaguá, Zona Oeste carioca, quando um homem a abordou, perguntando a hora. Ela respondeu e ele não foi embora.

“Então eu coloquei meu celular na cintura e ele disse: ‘me passa o telefone, não tente reagir, porque estou armado’. Então, ele colocou a mão sobre uma arma, mas percebi que era muito leve”, contou a lutadora ao portal. “Ele estava muito perto de mim. Então eu pensei que se era uma arma, ele não teria tempo de puxá-la. Me levantei e dei dois socos e um chute. Ele caiu e eu o peguei em um mata-leão”.

Após a sequência de golpes, Polyana diz que sentou com o ladrão e disse para que eles esperassem a polícia. Mais tarde, ela soube que realmente não era uma arma e sim, um revólver feito de papelão.

Até que esperassem a polícia, a peso-palha manteve o ladrão imobilizado em uma kimura (uma chave de braço) enquanto pediu para as pessoas que estavam passando chamarem a polícia. De acordo com Polyana, o bandido foi levado para uma unidade de emergência para ser atendido por conta de seus ferimentos e depois, encaminhado para a delegacia. Ele já tinha passagem para a polícia.