Jovens desenvolvem projeto independente para ajudar estudantes em Olimpíadas de Ciências

0
409

Luiza Rebelo

O projeto ‘Solenoide’ surgiu no início de 2017 como iniciativa de jovens universitários, e tem como principal objetivo incentivar estudantes amazonenses do ensino fundamental e médio a participar de olimpíadas científicas. Atualmente, 50 alunos da rede pública e particular são beneficiados pela iniciativa.

Yara de Souza Lima, uma das coordenadoras do projeto, conta a origem da ideia, “Isso tudo começou quando eu e mais outros colegas que tínhamos acabado de nos formar no ensino médio percebemos que havia uma grande defasagem da participação de escolas públicas em olimpíadas em  comparação às escola particulares. Então, foi a partir desse momento que a gente iniciou o projeto Solenoide, para tentar incentivar em escolas públicas, preparar aulas, treinamentos, justamente para esses alunos terem a oportunidade de se equiparar a outros alunos de escolas particulares que já participam de olimpíadas.”

No momento o projeto trabalha com quatro áreas: química, física, matemática e computação. Os jovens tentam, com ajuda de voluntários, abranger esses quatro temas e lançar materiais para tentar divulgar em escolas públicas. Os jovens universitários e idealizadores do projeto não tem lugar definido para atender os estudantes, mas com ajuda de voluntários da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e de outras universidades oferecem locais de estudo para que possam acolher o público.

“Atualmente estamos com um preparatório na UFAM, preparatório de computação que acontece todos os sábados, pela manhã, das 9 ás 11 horas. Tudo isso tem apoio do Instituto de Computação da Universidade mesmo” disse Yara.

Apesar de originalmente voltado para estudantes de escolas públicas, o projeto também recebe alunos de escolas particulares. “Jovens amazonenses, alunos tanto do ensino fundamental quanto do médio que estão estudando em escolas públicas ou também até em particulares, o intuito maior do projeto é alcançar esses jovens que nunca tiveram contato nenhum com olimpíada, de matemática, física e química, apresentar essas olimpíadas a eles e fazer eles competirem e terem uma vivencia além da sala de aula mostrando essas matérias de forma diferente.” explicou a coordenadora.

As inscrições estão encerradas, mas novas turmas podem ser abertas em breve. Mais informações: https://www.facebook.com/projetoSolenoide/ .