INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O Iº SEMINÁRIO DE ARTE CONTEMPORÂNEA EM BOA VISTA – RR

0
60
Imagem da Internet

O Sesc Roraima, em parceria com o curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima – UFRR, realizará nos dias 3, 4, 5 e 6 de abril, o I Seminário de Arte Contemporânea Poética, Arte-educação e Intercâmbio em Artes Visuais. A participação no evento é gratuita, mediante inscrição e as vagas são limitadas. Os interessados em participar do Seminário devem se inscrever até o dia 29 de março pelo link  https://bit.ly/2F6oH8L.

Na programação do evento estão cursos de capacitação, oficinas e mesas redondas com profissionais das artes visuais de reconhecimento nacional e ao final, a abertura da exposição ‘Carybé Ilustra Jorge Amado: O Compadre Ogum’. As inscrições em oficinas serão feitas no momento do credenciamento. Para mais informações, entrar em contato com o Núcleo de Cultura do Sesc Roraima no número (95) 3212-2800.

Voltado para estudantes, professores e educadores, o Seminário de Arte Contemporânea se apresenta como um espaço para formação e capacitação daqueles interessados em atuar no campo das artes visuais, bem como da mediação educacional e cultural.

O Técnico de Cultura do Sesc, Rafael Pinto, conta que a ideia do evento surgiu de um diagnóstico feito em parceria com o Departamento Nacional do Sesc, sobre a cena de artes visuais de Roraima. De acordo com ele, foi constatada a necessidade de um espaço para aperfeiçoamento de artistas e educadores da área. “Nosso objetivo é dar subsídios práticos para que esses profissionais possam desenvolver seus trabalhos e apresentar o Sesc como uma instituição aberta e disposta a recebê-los”, afirmou.

EXPOSIÇÃO CARYBÉ ILUSTRA JORGE AMADO – Ao final do evento, no dia 6, a partir das 20h, será aberta para visitação a exposição ‘Carybé ilustra Jorge Amado: O Compadre de Ogum’, na galeria de artes Franco Melchiorri do Centro de Atividades (Sesc Mecejana). Composto por 30 peças, o conjunto de serigrafias foi produzido para a abertura do especial realizado pela TV Globo, de adaptação do O Compadre de Ogum, segunda parte do romance Os pastores da noite de Jorge Amado, em 1997. As obras foram feitas com o intuito de estimular a leitura, pesquisa e discussão sobre a literatura brasileira, em especial a de Jorge Amado, que retrata os processos de formação da sociedade, valorizando as várias etnias responsáveis pela multiplicidade cultural no Brasil.