Indústrias de Brasil e Japão apresentam acordo comercial entre Mercosul e o país asiático

0
81

As indústrias de Brasil e Japão entregarão aos respectivos governos uma proposta estruturada comum para o início de negociação de um Acordo de Parceria Econômica entre o país asiático e o Mercosul. Construído pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e sua contraparte japonesa, a Keidanren, o roteiro com os principais temas de uma agenda de comércio, cooperação e investimentos foi apresentado na segunda-feira (23), durante a 21a Reunião Plenária do Conselho Empresarial Brasil-Japão, que ocorre em Tóquio.

O roteiro é um importante avanço na construção do Acordo de Parceria Econômica (EPA, na sigla em inglês), discutido entre CNI e Keidanren desde 2014. Inicialmente estruturado para abranger o Brasil e o Japão, a proposta foi aprofundada para incluir os demais países integrantes do Mercosul.

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, lembra que a entidade tem defendido o aumento da rede de acordos comerciais firmada pelo Brasil, como forma de ampliar a integração do país às cadeias globais de valor. Ele analisa que avanços recentes nas negociações.