Indígenas e quilombolas tem até 31 de agosto para se inscrever no PBP

0
30

Acadêmicos indígenas e quilombolas matriculados em cursos de instituições federais já podem fazer a solicitação para a inclusão no Programa Bolsa Permanência (PBP). Os interessados podem se inscrever para adquirir umas das 2,5 mil vagas ofertadas através da página do Sistema de Gestão da Bolsa Permanência (SISBP) na internet até o dia 31 de agosto de 2018.

“Essa é uma agenda muito importante para a educação quilombola e a educação indígena”, ressaltou o ministro da Educação, Rossieli Soares. O Programa de Bolsa Permanência é um auxílio financeiro pago para estudantes de instituições federais de ensino superior em situação de vulnerabilidade socioeconômica e para indígenas e quilombolas.