Incêndios na Grécia deixam pelo menos 74 mortos e 156 feridos

0
54

Pelo menos 74 pessoas morreram e 156 ficaram feridas nesta segunda-feira, 23, durante os graves incêndios que atingem a Grécia, três deles nas proximidades de Atenas, a capital do país, segundo o último balanço oficial, divulgado pelas agências Reuters e France Presse.

Todas as vítimas, entre as quais estão adolescentes e crianças, foram encontradas em uma área entre o porto de Rafina, a cerca de 30 quilômetros de Atenas, e Nea Makri, cerca de dez quilômetros ao norte. As autoridades declararam estado de emergência e pediram ajuda europeia para combater as chamas. Os fortes ventos, com rajadas de mais de 100 quilômetros por hora, complicam os trabalhos de extinção nesta terça-feira.

Nesta terça-feira, 24, foram encontrados corpos de 26 pessoas carbonizadas na costa de Argyros em Mati, a cerca de 15 metros do mar, segundo informou o prefeito de Rafina-Pikermiou, Evangelos Bournos, à agência estatal ANA-MPA. O presidente da Cruz Vermelha grega, Nikos Economopoulos, declarou a SKAI que o grupo, que foi encontrado abraçado, perdeu a vida quando tentava fugir para o mar. Pouco antes, as autoridades anunciavam um balanço de 24 mortos e mais de 150 feridos. O Ministério de Previdência informou que mais de 100 pessoas têm queimaduras de diversos graus e 11 se encontram em estado grave.