Homicídios e latrocínios caem em SP, mas Estupros continuam subindo

0
193

O número de vítimas de homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte) caíram no primeiro semestre de 2018, enquanto os estupros cresceram no acumulado dos seis primeiros meses deste ano comparado ao mesmo período do ano passado.

Os dados foram atualizados pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo)  ontem na quarta-feira (25). Segundo os dados oficiais, os números de estupros registrados no Estado cresceram pelo quarto ano seguido, e atingiu o maior número em cinco anos. Segundo as estatísticas, no primeiro semestre deste ano, 6.110 pessoas foram à polícia denunciar estupro.

De acordo com os números oficiais, nos seis primeiros meses de 2018, 1.570 pessoas foram vítimas de homicídios dolosos (quando há intenção de matar). O número é o mais baixo para o período na série histórica, iniciada em janeiro de 2002.

Os latrocínios também tiveram queda, passando de 206 no ano passado para 136 pessoas mortas depois de assalto nos seis primeiros meses deste ano. O número é o menor desde 2010, quando 135 vítimas de latrocínio.