GRADIENTE VOLTA AO POLO INDUSTRIAL DE MANAUS COM PERSPECTIVAS DE 360 NOVOS EMPREGOS DIRETOS E INDIRETOS

0
253

O grupo Gradiente retornará a produzir no Polo Industrial de Manaus (PIM), em aproximadamente 60 dias após a recuperação judicial, com a produção inicial de inversores de painéis solares. Serão 100 mil unidades até o final do ano, com previsão de R$ 208 milhões de faturamento.

No Polo Industrial de Manaus, a Gradiente Industrial fabricará em Manaus, painéis solares (geradores de energia), tornando a produção do equipamento 100% nacional.

Segundo o presidente do grupo, Ricardo Staub, o ramo é pioneiro no Brasil, tendo como concorrentes apenas produtos importados e poucos conhecidos no Brasil.

“Vamos nos colocar como primeiro player nacional de inversores, com potencial de fazer toda a cadeia de energia solar. Serão sete produtos inicialmente de mil a 10 mil watts de potência, com preço médio que vai de R$ 1 mil a R$ 7 mil”, disse Staub.

Ele explicou ainda que o conversor solar vai pegar a energia gerada em 12-19 volts e converter para energia utilizável (220 – 110 volts), a mesma utilizada em eletrodomésticos.

Em 2017, a marca ficou dividida entre a Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD) e a FIP Enseada, que tinha como cotistas a Jabil, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), os fundos de pensão Petros da Petrobrás e da Funcef, da Caixa Economica. Agora, a Gradiente passa a operar sem a participação desses antigos cotistas.

Sobre a Recuperação Judicial

Em maio de 2018 a empresa entrou com o plano de pagamento aos credores que já foi publicado e está com excelentes perspectivas de aprovação, e na fase final de aprovação da Assembleia Geral de Credores (AGC).

“Tivemos uma decisão no STJ para a paralização da AGC até que seja julgado a questão do foro (MAO x SP). Após essa decisão esperamos em 30 dias homologação do nosso plano. A partir de então, iniciaremos uma nova fase, e o início das atividades fabris em Manaus no projeto Gradiente Energia Solar” afirmou. 

História

O GRUPO IGB (GRADIENTE INDUSTRIL. S.A) está a mais de 50 anos no mercado com o que há de mais inovador na indústria e no ambiente tecnológico. Presente em Manaus desde 1973, a empresa desenvolveu-se ao longo dessas décadas e se tornou respeitada referência no mercado brasileira de produtos eletrônicos de consumo. Foi líder desse mercado durante vários anos, nesse longo período.

Pioneira em muitos projetos de tecnologia, a Gradiente decidiu se dedicar prioritariamente nesta segunda metade de seu primeiro centenário, à energia elétrica, gerada pelo aproveitamento da luz do sol: Energia Solar.