“Governo propõe criação de cargos para eleger seus cabos eleitorais”, diz deputado Dermilson

0
11

O deputado Dermilson Chagas (Podemos), considerou como proposta “eleitoreira” a Mensagem do Governo do Amazonas de nº 70/2020 que cria uma unidade integrada de articulação às comunidades. O projeto chegou à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na última terça-feira (1º) e quase foi votado ontem (2), mesmo sem o parecer das Comissões Temáticas, ferindo o regimento interno.

O projeto do Governo cria sete cargos de confiança denominados como: coordenador-geral e executivo; subcoordenador setorial; chefe de gabinete e assessor um, dois e três. Eles serão os responsáveis do “exercício de ações de natureza instrumental de apoio, articulações, controle, assessoramento e representação governamental, em nível central, para as comunidades e municípios do estado”.

Para Dermilson, a proposta na prática é para eleger os cabos eleitorais do grupo do governador Wilson Lima a vereadores e prefeitos. “Serve apenas para nomear os amigos do governador para que eles possam trabalhar de forma fictícia nas comunidades. Não existe outro objetivo para esse projeto eleitoreiro”, disse.