Governo Francês proibirá talheres de plástico a partir de 2020

0
125
foto da internet

A Assembleia Nacional da França aprovou um projeto de lei para proibir, a partir de 2020, objetos de plástico não reciclável, como embalagens e talheres, com a meta de diminuir a poluição.

Dentro deste mesmo projeto de lei, também foi aprovado pelos deputados o lançamento, em forma de teste, de um menu vegetariano nos refeitórios escolares pelo menos uma vez por semana e durante dois anos.

A Assembleia deu sinal verde para proibir todos as embalagens e talheres de plástico. Além disso, também não estarão autorizados os canudinhos e os mexedores de café.

Segundo os redatores da lei, metade dos plásticos utilizados “não pode ser reciclada” e um total de 13 milhões de toneladas desse material acaba nos oceanos, que ficam poluídos e mais vulneráveis.

O projeto, que ainda deve contar com o sinal verde do Senado, teve a oposição do ministro de Agricultura da França, Stéphane Travert, que pediu mais tempo “para medir” o impacto da medida.

Quanto aos menus vegetarianos nos refeitórios escolares, tanto públicos como privados, além de verduras, os alunos franceses terão a oferta de proteínas de origem animal, como ovos e leite, assim como cereais e legumes.