Fiocruz lança pós-graduação para o Complexo Econômico e Industrial da Saúde

0
39

Atualmente, a base produtiva do setor da saúde desempenha um importante papel para o desenvolvimento social e econômico do país. Reforçando seu compromisso com a consolidação da área, a Fundação Oswaldo Cruz, lança, no dia 3 de abril, a Pós-graduação para o Complexo Econômico e Industrial da Saúde (PGCEIS).

Incialmente ancorado no Programa de Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz Paraná), a formação multiprofissional é de natureza inovadora e baseia-se na cooperação entre a unidade produtiva da CEIS e a Fiocruz. Com ingresso de fluxo contínuo, receberá candidatos de diferentes áreas do conhecimento técnico-científico que visam solucionar problemas enfrentados pelas empresas. O evento será realizado no auditório do Museu da Vida, no Campus de Manguinhos, a partir das 9h.

“A ideia é aproximar as várias competências que a Fiocruz tem desenvolvido ao longo de sua trajetória com a necessidade de mão de obra qualificada para a indústria da saúde e articular as diversas áreas de pesquisa e ensino da Fundação com as necessidades das empresas”, explica o coordenador do Programa Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia da Fiocruz Paraná, Alejandro Correa.

“Para ancorar uma turma com essas características, foram necessárias algumas inovações que incluem projetos baseados em demandas da indústria, supervisão compartilhada entre um orientador acadêmico credenciado pelo PPGBB e um profissional qualificado indicada pela indústria, o ingresso em fluxo continuo e a otimização da oferta de disciplinas”, complementa Alejandro.