Ex-proprietário diz que Flávio Bolsonaro ainda deve R$ 1,8 milhão de mansão

0
10

A empresa RVA Construções e Incorporações afirmou que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) ainda deve cerca de R$ 1,8 milhão dos R$ 6 milhões relativos à mansão comprada por ele em Brasília. 

Uma nota assinada por três advogados da RVA, enviada nesta quarta-feira (3) ao jornal Folha de S.Paulo pelo empresário Juscelino Sarkis, sócio da construtora e ex-proprietário da mansão, afirma que o valor quitado até o momento é de pouco menos de R$ 4,2 milhões.

“Até o presente momento todos os termos contratados têm sido devidamente adimplidos, já tendo sido efetuado o pagamento do valor de R$ 4.190.278,30”, diz a nota.

Apesar dos valores pendentes, a transação do imóvel foi registrada em cartório no último dia 29 de janeiro.

De acordo com a RVA, R$ 3,1 milhões foram pagos com o financiamento imobiliário, liberado pelo BRB (Banco de Brasília) em 2 de fevereiro, e R$ 1,09 milhão por meio de três transferências bancárias no final do ano passado: R$ 200 mil em 23 de novembro, R$ 300 mil em 10 de dezembro, e R$ 590 mil no dia 11 de dezembro.