Estudantes de Manaus inovam em ação ambiental em terminais de ônibus da cidade

0
29

Lixeiras abandonadas e doadas ganharam uma nova cara pelas mãos dos alunos da Escola Estadual Benedito Almeida, localizada no bairro Mauazinho. Os itens, que fazem parte do projeto “Conservar, Transformar e Brincar”, da unidade de ensino, foram expostos na ultima segunda-feira (1º/07), no Terminal de Ônibus T3, na Cidade Nova. A ação teve como objetivo sensibilizar a população sobre a importância da conservação.

Além da mostra, a iniciativa contou com palestras, coleta de lixo e doação de brinquedos confeccionados com material reciclável, também frutos do projeto. De acordo com o professor responsável pelo “Conservar, Transformar e Brincar”, Girleno Menezes, são vários os benefícios da ação – como, por exemplo, incentivar os estudantes da E.E. Benedito Almeida a cuidar do meio ambiente com atividades que visam transformar, positivamente, o meio em que eles vivem.

O Mauazinho, onde parte desses alunos moram, é uma área de difícil acesso para caminhões de lixo e outros sistemas de coleta. Por conta disso, era bastante comum eles [os estudantes] terem de pular por cima de entulhos para chegarem à escola. O bairro todo ficava repleto de lixo”, afirmou Girleno.

Foi então que o educador, juntamente com os alunos, resolveu criar o projeto, há mais ou menos um ano. Desde lá, o grupo já embelezou cerca de 60 ‘tambores lixeiras’ – que foram doadas a unidades de ensino de Manaus, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e, agora, ao terminal de ônibus T3. “Já temos outras doações agendadas para a Cozinha Comunitária, na Vila da Felicidade, e Casa Mamãe Margarida, no São José Operário”, adiantou o professor.