Estudante de Manaus ganha prêmio nacional com projeto de inovação em saneamento básico

0
17

Moradora do bairro Grande Vitória, na zona Leste de Manaus, a estudante amazonense Marcela Meireles Leocádio, de 18 anos, foi um dos destaques na segunda edição da premiação nacional do “Projeto Pioneiros”, promovido pela holding Aegea, que visa estimular a inovação e a criatividade entre jovens de todo o Brasil. Presente em 126 cidades do país, a Aegea atua na capital amazonense desde 2018, através da concessionária Águas de Manaus.

Com o tema “Renovando a interação entre as comunidades locais e suas Estações de tratamento de esgoto (ETE´s)”, o projeto de Marcela faturou o segundo lugar geral da etapa nacional. O resultado foi divulgado ontem (01), em evento realizado de maneira virtual e transmitido ao vivo pelo canal do Youtube da Aegea. A amazonense concorreu com outros 106 estudantes de dez cidades do país.

Em seu projeto, Marcela propõe a criação de espaços de uso público no entorno ou dentro das unidades geridas pela Águas de Manaus na cidade. Entre reservatórios, elevatórias e estações de tratamento, a concessionária possui mais de 350 espaços espalhados pelos bairros da capital. Implantar hortas comunitárias, academias ao ar livre e quadras de esporte são algumas das sugestões feitas por Marcela.

Além disso, a estudante ainda sugere no projeto que materiais como garrafas pet e pneus, que geralmente são descartados na natureza e demoram anos para se decompor, sejam utilizados na estrutura dos novos espaços comunitários. Para Marcela, a educação ambiental também pode ser melhor trabalhada a partir da integração entre comunidade e empresa.

A Águas de Manaus também pretende aproveitar as ideias vai avaliar a implementação dos projetos finalistas. O diretor-presidente da concessionária, Thiago Terada, parabenizou os estudantes e enfatizou a importância de ações que estimulam a criatividade e o pensamento crítico nos jovens.