Estudante brasileira é assassinada a tiros na Nicarágua

0
188
Raynéia Gabrielle Lima

Uma estudante brasileira foi assassinada na noite da ultima segunda-feira na Nicarágua, vítima de tiros de “um grupo de paramilitares” no sul da capital Manágua, de acordo com informações do reitor da Universidade Americana (UAM), Ernesto Medina.

A estudante do sexto ano de Medicina, Raynéia Gabrielle Lima, morreu com “um tiro no peito que afetou o coração, o diafragma e parte do fígado”, disse o reitor ao canal 12 da televisão local.

O assassinato ocorre em meio a uma crise sociopolítica com manifestações contra o presidente Daniel Ortega. A repressão governamental aos protestos já deixou entre 277 e 351 mortos, de acordo com organizações humanitárias locais e internacionais.