Estado Islâmico de volta: grupo ataca e deixa 29 mortos em prisão

0
25

A explosão de um carro-bomba seguida de um tiroteio entre combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico e forças de segurança afegãs deixou ao menos 29 mortos, nesta segunda-feira (3), durante o ataque a uma prisão em Jalalabad, no leste do Afeganistão. 

Na noite de domingo (2), os terroristas explodiram um carro-bomba na entrada da prisão, onde prisioneiros do Taleban e do Estado Islâmico eram mantidos junto com criminosos comuns, e começaram a atirar contra os agentes responsáveis pela segurança do local.

De acordo com autoridades afegãs, cerca de 30 militantes do Estado Islâmico participaram diretamente do ataque à prisão. Entre civis, agentes de segurança e terroristas, foram contabilizados, até o momento, 29 mortos e 50 feridos.

De acordo com o porta-voz do governador da província de Nangarhar, da qual Jalalabad é a capital, dos 1.793 presos, a maior parte tentou escapar após a explosão inicial. Foram recapturados 1.025, e 430 permaneceram no interior do prédio. Os demais, 338, seguem foragidos.

Forças especiais do Afeganistão foram enviadas a Jalalabad para auxiliar a polícia local e manter a prisão sob vigilância. Moradores das regiões ao redor da prisão estão sendo evacuados e a cidade entrou em ‘lockdown’.